• Postagens com a categoria ‘Viajando

    Chicago

    Hi Guys,

    O post de hoje vai ser sobre uma das minhas cidades favoritas que já visitei aqui nos EUA, Chicago!!

    Chicago é uma cidade incrível que com certeza vale a pela visitar. Eu gostei muito de Chicago, porque é uma cidade bem grande que tem muita coisa pra fazer e ao mesmo tempo achei super organizada e segura. Minha mãe vai duas vezes por ano a trabalho e ano passado ela me chamou pra ir com ela, eu que não sou boba nem nada aceitei na hora!

    Um dos lugares que achei mais bonito foi o Chicago River, é um rio bem grande que passa pelo meio da cidade e ele tem uma cor meio esverdeada que é muito linda. Nesse rio da pra tirar fotos maravilhosas e também tem um passeio de barco bem legal que passa por boa parte da cidade. O passeio é meio carinho custa por volta de $40, mas eu descobri que se você pegar um water taxi (taxi na água) que faz praticamente o mesmo percurso e custa só $10, fica a dica!

    Vista do Chicago River

    Prédios em volta do Chicago River

    Prédios em volta do Chicago River

    Perto do rio fica a Michigan Avenue, uma das avenidas mais famosas em Chicago que você pode encontrar de tudo um pouco. Nessa avenida fica a famosa loja de doces, Dylan’s Candy Bar, que pra quem não conhece é uma loja enorme de doces e é a coisa mais fofa! Essa loja tem em várias cidades, NY, Los Angeles, Chicago e Miami e eu acho que é um lugar imperdível, porque além de ser linda os doces são muito gostosos.

    Dylan's Candy Bar

    Dylan’s Candy Bar

    IMG_7566_2

    Olha que loja mais fofa!! Os chocolates são um mais gostosos que os outros!!

    Olha que loja mais fofa!! Os chocolates são um mais gostosos que os outros!!

    Nessa mesma avenida eu e minha mãe fomos em um restaurante chines chamado Lao Sze Chuan, pra quem gosta de comida chinesa eu super recomendo. A comida é uma delícia e os pratos são bem grandes, um prato custa uma média de $30, mas da pra dividir em duas pessoas. A vista do restaurante é muito bonita também, ele fica no quarto andar e da pra ver a avenida principal.

    Um dos lugares que eu mais queria ir é o Cloud Gate, mas é mais conhecido como Chicago Bean. Essa escultura é um dos símbolos mais famosos de Chicago e é popularmente conhecida como bean (feijão) justamente pelo formato dela. A escultura fica localizada no Millennium Park, que também é outro lugar muito legar de se conhecer.

    Mamis e eu no Bean!

    Mamis e eu no Bean!

    IMG_7626_2

    Vista do Millennium Park

    Vista do Millennium Park

    Aqui tem uns painéis com rostos de pessoas que ficam interagindo com a água.

    Aqui tem uns painéis com rostos de pessoas que ficam interagindo com a água.

    Toda vez que eu viajo eu sempre compro aquele passeio de ônibus, hop on hop off, que você paga por dia e pode descer em vários pontos turísticos. Por mais cliché que seja, eu acho que é um ótimo investimento, pois muitas empresas dão desconto em atrações na cidade e te salva muito tempo, já que o ônibus passa nos principais lugares e a cada 20 minutos mais ou menos. A única coisa que você tem que ficar esperto, é que os vendedores querem meter a faca no ingresso. Uma empresa queria me vender por $42 ai falei que estava muito caro e não ia rolar (e essas empresas ficam uma do lado da outra vendendo ingresso), fui pra próxima empresa e o cara me ofereceu um pouco mais barato mais ainda achei caro, ai quando estava indo pra próxima empresa o cara da primeira empresa veio atrás de mim e me oferceu por $28 com direito a camiseta e um chocolate! O negócio é pechinchar meu povo, eles sabem que somos turistas e querem cobrar os mais caro possível, então não tenham medo ou vergonha, saibam negociar que vai sair muito mais barato, faço isso em toda cidade que vou, rs.

    Outro passeio que estava louca pra fazer era o observatório da Willis Tower, que era conhecida como Sears Tower até pouco tempo atrás. O prédio tem 108 andares e tem uma vista maravilhosa da cidade e aqui só entre nós, eu achei que a vista desse prédio é muito melhor do que o Empire State em NY. O observatório fica no 103 andar e lá tem quatro cabines de vidro que você pode entrar e tirar foto. Parece que você vai cair, mas vale muito a pena e o ingresso custa $22.

    Achei a vista mais linda de todas até agora!

    Achei a vista mais linda de todas até agora!

    Tava sorrindo só pra foto, mas na verdade estava tremendo de medo! hahaha

    Tava sorrindo só pra foto, mas na verdade estava tremendo de medo! hahaha

    Esse foi um pouquinho da minha experiência em Chicago, é uma cidade muito legal que tem milhões de coisas pra fazer e quem tiver a oportunidade deve visitar com certeza! Espero que vocês tenham gostado! Até domingo que vem!

    Xoxo,

    Paty

     

     

     

    Brooklyn, NYC

    Hi Guys,

    Sejam bem-vindos ao meu primeiro post aqui no blog!!! E a primeira cidade que vou falar não poderia ser nada menos do que a big apple, NYC!!

    Fui mês passado comemorar meu aniversário e fiquei na casa de uma amiga no Brooklyn. Já fui várias vezes pra NY, mas cada vez que vou é uma experiência nova. No post de hoje vou focar um pouco mais no Brooklyn, pois foi onde eu passei a maior parte do meu tempo nessa última viagem, mas se vocês quiserem posso fazer outros posts sobre NY já que assunto é o que não falta.

    Um dos passeios que fizemos foi ir no bairro Dumbo, pra quem não conhece é um bairro que fica no Brooklyn que tem uma vista maravilhosa pra Manhattan e tem aquele carrossel super lindo que todo mundo adora tirar fotos. O Dumbo é um bairro muito legal pra quem tem crianças, é super calmo e tem vários parquinhos que os pequenos vão aproveitar.

    IMG_1973-1

    No Dumbo com vista pra Manhattan.

    IMG_1988

    Eu e minha amiga argentina no YO sign no Dumbo.

    Jane’s Carousel. Fica do lado da Brooklyn Brigde.

    De lá atravessamos a famosa Brooklyn Brigde até Manhattan e super recomendo atravessar a pé, pois a vista é linda e é um belo exercício também, rs.

    A famosa Brooklyn Bridge

    A famosa Brooklyn Bridge

    Quando chegamos em Manhattan decidimos pegar a balsa pra ir na Estátua da Liberdade, apesar de ter ido 4 vezes pra NY nunca consegui ver essa bendida estátua! Pra ir na estátua você tem que pegar uma balsa. A balsa fica localizada no Battery Park e o preço do ingresso pode variar dependendo de onde você comprar, mas é uma média de $25. Quando entramos pra comprar o ingresso não conseguiamos encontrar o local certo, ai vi um policial parado e resolvi perguntar onde comprava o ingresso. Agora é que vem a dica boa!!! O policial perguntou se eu fazia questão de descer na ilha da estátua (e pra falar a verdade eu não tinha vontade nenhuma, só queria ver de perto mesmo) pois tem uma balsa que passa bem em frente a estátua e é de GRAÇA! Minha amiga e eu não pensamos duas vezes, falamos que era essa balsa mesmo que queriamos, rs. Pra quem quiser economizar eu acho uma ótima opção e ainda da pra tirar fotos bem legais. O nome da balsa é Staten Island Ferry e sai do Battery Park também, ela vai até Staten Island e dura mais ou menos 15 minutos.

    Estátua da Liberdade. Essa é a vista da balsa, da pra ver de bem pertinho.

    Estátua da Liberdade. Essa é a vista da balsa, da pra ver de bem pertinho.

    A noite minha amiga quis me levar em um restaurante super divertido e muito diferente. Eu adoro novas experiências e sempre topo ir pra qualquer lugar. Ela me levou em um restaurante indiano chamado Milon e eu vou falar pra vocês que foi o restaurante mais divertido que já fui em toda minha vida! Eu nunca fui em um lugar tão diferente e animado. É um restaurante super pequeno, literalmente você não consegue mexer a cadeira sem esbarrar em alguém, mas é muito legal e a decoração é uma coisa muito doida. Parece uma loja de luzes de natal, mega cafona, mas de tão cafona acaba sendo muito engraçado. O atendimento é ótimo, todo mundo é muito prestativo e atencioso e eles sempre colocam várias músicas engraçadas e animadas. A comida estava muito boa, adoro comida indiana e não era muito apimentada. O menu tem várias opções e o preço eu achei muito bom, uma média de $15 por prato e vem bastante comida. Eu super recomendo dar uma passadinha lá, não é nada chique e talvez tenham pessoas que não vão gostar pelo fato de ser super pequeno e apertado, mas se você é como eu que adora experimentar coisas novas e não tem medo de se aventurar eu garanto que vai ser inesquecível!

    Restaurante Milon

    Restaurante Milon

    Outro bairro muito legal no Brooklyn é o Williamsburg. Esse bairro tem crescido muito e é o novo point pra todo mundo curtir a noite. Lá tem vários bares e baladas que ficam lotados no fim de semana e que vão agradam a qualquer um. Se vocês estiverem no Brooklyn e quiserem sair a noite esse é o bairro pra ir!

    Bom, acho que vou terminar o post por aqui. Se vocês quiserem posts mais longos ou curtos por favor comentem, esse foi meu primeiro post e vai ser um teste para os outros. Espero que todos tenham gostado e que as dicas tenham sido boas. Até o próximo domingo!

    Xoxo,

    Paty

     

    Dias 4 e 5 da viagem à Maiorca

    Dia 4 – Cap Formentor

    Hoje começamos o dia indo até Cap Formentor, o ponto mais alto e distante da ilha. Do lugar onde estávamos hospedados, perto do centro de Palma, até lá deu mais ou menos 1:30h.

    A estrada para chegar até lá em cima é bem estreita e sinuosa e ainda é mão dupla, como quase todas as ruas e estradas da ilha. Apesar do sufoco na hora de subir, a vista é super recompensadora, na subida tem vários pontos em que é possível parar o carro para admirar o visual. Chegando lá em cima é ainda mais impressionante, difícil descrever a vista de lá. Lá em cima tem um farol e uma lanchonete.

    DCIM100GOPRO   Foto 2

    Foto 3   DCIM100GOPRO

    Depois de tirar inúmeras fotos, descemos até a praia de Formentor. A praia é bem bonita, mas a faixa de área é muito estreita e o hotel ali perto tomou grande parte do espaço com esteiras, cadeiras e guarda-sois que podem custar até absurdos 75 euros. Ficamos um pouco por ali curtindo o sol. Lembrando que, como viemos em baixa temporada, os locais não estão assim tão cheios, o que achamos ótimo!!!!

    Foto 5

    Dali fomos para o Porto de Polença, que apesar de ser mais do mesmo, é uma graça e bem charmosinho. Aproveitamos para almoçar por ali e comemos uma paella maravilhooooosa (12 euros por pessoa) de frutos do mar no Ambrosia. Recomendo com força o pão de alho com queijo (3 euros)  de entrada.

    Foto 6   Foto 7

    Saindo de lá passamos na cidade de Alcudia para conhecer. O centro de Alcudia é uma antiga cidade medieval bem preservado e lembra bem as cidades do interior da Itália, com Siena e Assis. Lá dentro tem umas lojinhas e restaurantes interessantes.

    Foto 8

    À noite, já em Palma, fomos comer uns tapas no St. Lorenzo. O bar está bem conceituado no Trip Advisor, mas apesar do lugar aconchegante e do ótimo atendimento, os tapas eram bem fraquinhos e deixaram a desejar.

    Na mesmo rua do St. Lorenzo tem o Honk Tonk, um bar rock and roll todo decorado e bem interessante, frequentado por jovens alternativos e pessoas que querem tomar um drink. Gostamos bastante de lá.

    Dia 5 – Playas e Playas

    Hoje o dia começou em Cala Murada (mais ou menos 1 hora de distância do local em que estávamos hospedados em Maiorca), a praia é pequena e bonita, mas nada de muito especial. Ficamos por ali um pouco e partimos para Cala El Domingo Petit.

    DCIM100GOPRO   DCIM100GOPRO

    Essa praia é muito mais bonita que a primeira, um pouco maior e limitada por pedras gigantes dos dois lados. O hotel e o bar que ficam ali na frente estavam totalmente fechados por causa do final da temporada e, por esse motivo, a praia estava maravilhosamente vazia e calma, bem diferente da praia ao lado. 

    Foto 11   DCIM100GOPRO DCIM100GOPRO

    Depois de curtimos o mar e o sol, paramos para almoçar na estrada no restaurante El Campo. O lugar é bem bonito e tem um lindo campo na parte de trás, mas a comida estava super de graça e cara (a conta deu 52 euros para nos dois sem sobremesa)…não recomendo.

    Depois do almoço caído fomos conhecer a praia de Cala Mondragó, paramos em um estacionamento de 5 euros e descendo uma ladeira até chegar a praia e que decepção. A praia estava lotada, cheia de cadeiras caras dos restaurantes ali perto e nada demais. Ah, apesar do cara do estacionamento ter negado, ali embaixo perto da praia, tem algumas vagas onde é possível parar o carro. Não preciso nem dizer que não ficamos.

    Passamos em Cala Figueira rapidamente só para olhar o mirante que tem por ali (perto do farol) e fomos para a Praia de Satanyí.

    A praia é parecida com as duas de cima. Como chegamos e o sol já estava indo embora, as pessoas já estavam indo embora. Ficamos só um pouquinho para relaxar.

    DCIM100GOPRO

    Beijos,

    Marcelia Hercowitz.

    1 2 3 4